Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Aos nossos amigos e visitantes

Blog direccionado para a recolha de Fotos, Trabalhos, Documentos, Vídeos etc. sobre " O Passado, Presente e Futuro do Peso" . Procuramos dentro do possível, transmitir o que de mais relevante se passa no Peso e ser um elo de ligação entre os residentes e ausentes. Colabora e envia o que tiveres de interesse sobre o Peso e suas Gentes Agradecimentos - Pela colaboração na cedência de fotos e outros trabalhos às seguintes Pessoas : Rui Morão,José Batista Vaz Pereira, Família de José Pereira Santos, Tó Aníbal, José Batista, Família de João Abrantes Ferraz, Família de José Pires Simões, Vicente Olímpio dos Santos, Família de Manuel Afonso Oliveira, Yoann Manuel Pereira, Maria Pires Serralheiro, António Madeira Varandas, Maria Leonor Ferreira Pires Morão, Ramiro Morais Valentim, Francisco Madeira (Lisboa), Família de Carmelina Ferreira Morão, Patrocínia Proença, João Abrantes dos Santos, Joaquim dos Santos, Joaquim Proença Rebelo, José Mateus Casteleiro, Júlio Mendes Silva ( Morador ao pé do Santuário), Elvira Morais, Artur do Santos Pereira (Ourém), Maria Casteleiro, Maria \"Caraia \", Beatriz Pires, João Mateus Casteleiro, Carlos Casteleiro ( França ), Família de José Guilherme, Humberto Morão (Covilhã), Margarida Maria (Covilhã), Belarmino Batista ( Canadá ), Ângelo Agostinho, Margarida Pires, José dos Santos Vaz, Família de João Sardinha ( sacristão), António Mingote, Mariazinha Lobo, António Pinto ( França ), António Proença ( Barreiro), Álvaro Olímpio, Fernando Morais Valentim ( França ), Sofia Bento ( França ), Família de José Alfredo Aleixo, José Honório Rodrigues, Família de Joaquim Abrantes Ferraz, Rui Machado (Pesenses no Brasil ), Rosa "Cortiça" ( França ) .Se eventualmente omitimos alguma pessoa pedimos desculpa pelo facto e agradeço informação. José P. Santos O nosso Email - aldeiadopeso@sapo.pt A nossa recomendação: Qualquer reprodução dos seus conteúdos deve ser sempre feita com referência à sua autoria.

O Compasso ou visita Pascal na Aldeia do Peso – Covilhã

por José P. Santos, em 18.11.16

Padre.jpg

10157274_10205180125332739_5135917372119515566_n (

13615343_1102743069772579_7846274099419483145_n.jp

MEMÓRIAS DO PESO COVILHÃ - NAS DÉCADAS DE 40-50-60- DO SÉCULO PASSADO... O COMPASSO OU VISITA PASCAL ...No sábado por volta das 10 horas, era costume de os paroquianos serem avisados, pelo toque dos sinos da igreja sempre a tocar. Daí se formarem grupos de pessoas pelas ruas com cânticos alusivos à Ressurreição... E cheias de giestas,/ na rua o povo já diz,/ Boas Festas! Boas Festas/ / e uma Páscoa Feliz... Aleluia! Aleluia! / há cheiro a rosmaninho,/ Numa aragem de ventura/ as aves deixam seu ninho.. No domingo de Páscoa ( e por vezes, nos dias seguintes ), o padre de sobrepeliz e estola, procedido de seus acompanhantes, de opa e transportando o crucifixo,, a campainha e a caldeirinha da água benta, levavam a casa dos paroquianos a " boa nova " e a bensão pascal.

Recorde-se, a visita Pascal era constituída de Padre e acompanhada : respectivamente, Padre José Santiago, Com o Crucifixo, Ti Bonifácio, Caldeirinha da água benta Luis Bonifácio, Campainha ( menino do coro ) Tó Custódio...As pessoas da família, amigos e vizinhos reuniam-se então de joelhos na sala principal, onde o padre lhes dava a cruz a beijar... As ruas e as entradas das casas apresentavam-se enfeitadas com verdura e atapetadas de giestas e rosmaninho. E já se ouve a campainha/ perto já vem o Senhor,/ Em vibração cristalina/ caminha o bom do Prior... Escolhia-se a melhor mesa da sala, que se cobria com uma toalha de renda ou bordada, quase sempre com motivos religiosos. Sobre a mesa colocava-se uma jarra de flores, juntamente com as ofertas destinadas ao prior.

Numa outra mesa, enfeitada com ovos decorados, " preparada para um pequeno brinde " encontrava-se " o folar do padre ", que consistia num donativo em dinheiro, colocado numa taça ou prato... Vem de púrpura vestido/ lindo menino do coro,/ Trás em suas mãos erguido/ Jesus relíquia de ouro. A finalizar o rito do compasso, era servido aos portadores da Cruz um vinho do porto, acompanhado de doces e biscoitos... e a casa fica benzida/ com a vinda do Senhor,/ E a água benta espargida/ como o orvalho na flor... No Peso até há pouco tempo, na mesa era colocado, pão, de ló ( pão leve ), os bolinhos e licores caseiros. Ficavam sempre mais tempo os familiares e amigos próximos, dispunham de tremoços, figos secos, filhós ( sem abóbora , só das nossas ) e o tradicional bolo de leite ( feito com farinha, leite, ovos e mel ).

a visita Pascal, era feita na freguesia sempre ao domingo, Vales, Pesinho ( anexas ) era há segunda feira. .. Assim vai de casa em casa/ e de caminho em caminho,/ Lume de quem não tem brasa/ conforto dos sem carinho. -Em vez do folar tirar/ tantas vezes, o bom prior,/ Com amor o vai levar/ aos pobrezinhos do Senhor. ..Na tradição do Peso da Covilhã. O folar representava, simbolicamente, o presente dos padrinhos aos afilhados, impondo-se, como preceito, irem estes recebê-lo a casa daqueles no domingo de Páscoa ( ir pedir o bolo ) . Praxe precedida pela oferta de um ramo de flores ( ou amêndoas ) dos afilhados aos padrinhos no domingo de Ramos. O parentesco cerimonial entre padrinhos e afilhados, hoje menos relevante, assumia, ainda assim, aspectos de protecção familiar, originando que famílias com menos posses assegurassem bons padrinhos para os seus filhos. FIM

O Poeta

José Batista Vaz Pereira

Vídeo

JPS

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:43




Mais sobre mim

foto do autor


Colaboradores do Blog

Clique na imagem dos colaboradores

José Batista Vaz Pereira

Belarmino Batista José Santos Baptista

Vídeos




calendário

Novembro 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D